Resumos

 Em tempos de malucos o tempo que sobra para o blog tem sido pouco ou nenhum…

Os tempos de pandemia têm sido divididos entre 2 semanas em trabalho presencial e outras 2 em remoto. O cansaço acumula, em casa trabalha-se o dobro mas vão sempre sobrando alguns momentos para fazer aquilo de que se gosta.

Algumas capturas fui partilhando no Instagram/Facebook visto que é mais rápido do que escrever um post.

Deu para fechar a época de chocos ainda com algumas capturas. Poderia ter sido um bom ano se não estivessmos fechados e proibidos de pescar.

A pesca não é sempre certa. É preciso explorar, procurar nas várias topologias de terreno onde podemos encontrar peixe. É o que torna esta pesca interessante. O colocar o material no carro, fazer quilómetros e quilómetros em procura de 1 peixe. É um tipo de pesca que nos permite uma mobilidade grande sem que nos cinjamos a um local especifico.

Mais recentemente fizeram-se umas pescas interessantes.

Das fotos acima, os 2 maiores e que acabámos por reter foram tirados quase seguidos. Spot complicado onde tive de agarrar o primeiro peixe que o companheiro apanhou. Mal entrego o peixe, faço 2 lançamentos e ferro o meu… Ainda nem o anzol tinha sido tirado e já tinha o companheiro a caminho do meu para ver se o conseguia meter em seco.

Já nas minhas férias, e também por falta de tempo, apenas consegui fazer uma investida.

Uma saida de pouco mais de 2h onde deu para desgradar e arranjar almoço

Um bonito robalo que estava cheio de apetite. Com algo que me pareceu uma sardinha de 12cm (já sem cabeça e sem barbatana) ainda teve voracidade para atacar uma spotter de 7″ (18cm).

De resto deu para meter a leitura quase em dia. Vários livros lidos e agora mais recentemente um novo, que ainda vou a meio, mas bastante interessante e de fácil leitura.

Partilho o link caso seja do interesse de alguém. https://robinbradley.co.uk/buy-book/

Agora em preparação para a nova temporada de pescas com material mais adequado na procura de robalos. Umas das decisões tomadas para a nova época é relativa aos tamanhos retidos. Irei apenas reter exemplares entre os 50cm e os 60cm. Para cima ou baixo serão devolvidos. Uns para poderem desovar pelas primeiras vezes e outros por serem exemplares maiores com maior capacidade de desova em termos de postura. De resto contam as memórias. Capturar, fotografar se possivel e libertar.

— ATENCIÓN: El artículo pertenece al BLOG de «Dionisio Pesca» —


Deja una respuesta

Su dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados *

Puedes usar estos HTML etiquetas y atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

info@donpesca.com