O Lobo e o Carneiro

“Spinning”

Boas pessoal!

Cá estou eu para contar mais uma jornada de spinning que foi preparada numa correria quase contra o tempo. Digo isto porque vinha de uma noitada de surfcasting num sítio oposto e bastante longe de onde fiz esta investida ao spinning, o resultado dessa noite foi fracote e não pela falta de peixe no pesqueiro mas sim pela qualidade, havia por lá muito peixe miúdo e depois de algumas devoluções lá decidi aproveitar meia dúzia de seis e trazer para uma fritada e não dizer que a viagem tinha sido em vão…

1 %20Lobo%20do%20Mar %20Robalos %20Spinning - O Lobo e o Carneiro

Cheguei a casa às 5h da manhã, deitei-me um pouco até às 8h e levantei-me para lavar o material de surfcasting e deixar tudo a secar em local abrigado, meti o material do spinning no ceirão e dei uma lavagem na geleira, de seguida fiz um assalto ao frigorífico e à dispensa e arrumei algumas coisas que tinha aqui em casa a empatar, isto parece tudo muito rápido mas quando dei por mim eram 12:30, comi duas pataniscas e bebi mais um café com uma bolacha e fiz-me à estrada porque tinha 2h de viagem pela frente que normalmente já costumam ser cansativas mas neste dia parece que ainda foram mais. Se podia ou deveria ter ficado em casa a descansar, até podia; mas as condições boas para a pesca não são quando nos dá jeito ou quando estamos de folga ou de férias, elas acontecem quando a Mãe Natureza quer e eu ou aproveito ou então resta-me esperar pela próxima oportunidade e isso pode demorar várias semanas ou até meses…

Durante a viagem fui pensando num spot onde iria investir e quando estava já quase a chegar ao destino começou a chover, passado pouco tempo chovia como Deus mandava e mantive-me no interior da carrinha a comer chocolates com café e a ouvir musica, a previsão era a chuva parar ao final do dia e assim foi…

2 - O Lobo e o Carneiro
Quando ia descer o laredo que estava escorregadio como se fosse manteiga dou de caras com um desgraçado carneiro que certamente desorientou-se e estava perdido, ainda olhei em volta mas não vi mais nenhum animal daqueles por ali, não sabia que também havia rebanhos de um 😄😄 fiquei com pena do bicho mas também não podia fazer nada por ele e nem perder mais tempo ou se não descia a “passerelle” já sem luz e naquele dia não era nada aconselhável fazê-lo, mas avisei-o logo (se não apanhar peixe e ainda estiveres aí quando voltar para cima já tenho almoço para o Domingo de Páscoa) 😂😂
3 - O Lobo e o Carneiro
À pala da chuva e do carneiro cheguei lá a baixo mais tarde do que eu previa, mas como diz o outro; mais vale chegar tarde neste mundo do que chegar cedo ao outro e é capaz de o gajo ter razão. Comecei a caminhar devagar pelas pedras de cana na mão e o cansaço acusava qualquer coisa, a moral até estava boa mas o corpo estava cansado e a pedir cama, até me doíam os músculos, mas como se costuma dizer (o prazer e a dor caminham lado a lado) então siga.

No início andei a bater uns entrilhados de pedra e logo ao 2º lançamento cravei uma baila já porreira e como estava no início da jornada decidi guardá-la a pensar que poderia cravar mais alguma ou até mesmo o tal robalo da praxe, continuei e mais à frente havia uma pequena coroa que eu tinha visto lá de cima ainda de dia e que me pareceu ter bom aspecto para acolher algum Robalo perdido, investi com bastantes lançamentos e várias amostras diferentes mas nada, já no regresso voltei a lançar nos entrilhados e tive dois ataques no mesmo sítio onde apanhei a baila mas não consegui ferrar, pareceu-me que fossem as bailas que andavam por lá…

Quando voltei para cima liguei a luz no máximo, coisa que é raro eu fazer, liguei só para ver se encontrava o carneiro mas não vi qualquer sinal do bicho, com uma pesca magra destas ainda ia fazer companhia à baila e lá tinha de o trazer comigo para almoçar do Domingo de Páscoa, atão 😂😂

4 - O Lobo e o Carneiro
Umas horas mais tarde tocava o despertador a dizer que estava na hora do 2º round, com uma preguiça gigante no corpo meti o CD mágico a tocar e abandonei o conforto do saco cama, pouco tempo depois estava cá fora na rua com uma humidade tremenda a preparar um reforço para aquecer o motor numa madrugada em que talvez 90% dos Portugueses estivessem debaixo das mantas, fácil (áh e tal aquele gajo tem uma sorte do caraças, apanha robalos todas as semanas) pois, mas não é deitado debaixo das mantas…
5 %20Lobo%20do%20Mar %20Robalos %20Spinning - O Lobo e o Carneiro
Cada dia é um novo dia e cada maré é uma nova oportunidade, depois de descer a tal passerelle escorregadia ainda de noite já estava novamente no “Território Lobo” a fazer lançamentos para o líquido e depois de tanto esforço veio o tal momento tão esperado e ao mesmo tempo tão inesperado de quando um Robalo ataca a amostra de uma maneira surpreendente e explosiva, tirei um peixe já porreiro e o objectivo estava cumprido pois pelos vistos estava limitado ao stock existente na zona mesmo com condições propicias a eles numa manhã que ainda se apresentava escura e que as nuvens teimavam em não deixar os primeiros raios de sol descobrir.
6 - O Lobo e o Carneiro
Nesta Costa quem impera são os elementos da Natureza e nós humanos temos e devemos de respeitá-los 
7 - O Lobo e o Carneiro
O resto do dia foi passado lenta e calmamente a dar uma arrumação na carrinha e no material de pesca que foi lavado com um garrafão de água que eu tinha de sobra. A missão ainda não tinha acabado e com a chegada da noite estava na hora de atacar novamente, mas desta vez em terra, nos dois últimos anos o maldito confinamento não me deixou ir ao faval fazer a maré mas este ano vinguei-me bem, trouxe um belo saco de favas e até uma alface que apanhei já no caminho quando me pirava 😆😆 não tenho por norma mexer naquilo que não me pertence mas quando se trata de favas não resisto, é mais forte do que eu, então lá apanhei umas favecas e tomei-as como oferecidas, não trouxe uma geleira cheia de peixe e nem o cabrão do carneiro que se escondeu de mim mas ao menos vim carregado para compensar o preço do gasóleo, pois atão… 
8 - O Lobo e o Carneiro
Prontas para atacar 😋 
9 - O Lobo e o Carneiro
E para acompanhar as favas está aqui a tal pesca medíocre que fiz antes desta jornada e da qual juntei a tal meia dúzia de seis entre uns sargotes e umas bailas pequenécas para não voltar de mãos vazias. Parecendo que não ainda deu para fazer uma bela refeição cá em casa onde só tive de comprar o vinho porque as zétonas foram oferecidas, um gajo também tem de comer alguma coisa, atão 😋
Haja saúde e até à próxima pessoal…

— ATENCIÓN: El artículo pertenece al BLOG de «Lobo do Mar» —


Deja una respuesta

Su dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados *

Puedes usar estos HTML etiquetas y atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

info@donpesca.com