O Ano começou e o Lobo Atacou

“Spinning”

Boas pessoal!

Passada a época das festas em que fiz uma pausa na pesca lá decidi voltar ao activo, a 2ª quinzena de Dezembro aqui no Sul é parecida ao mês de Agosto, gente por todo lado onde se vai, seja à pesca ou a passear à beira mar, a diferença é que não está aquele calor infernal do verão e como eu não gosto de enchentes e confusões parei por uns dias, mas a pensar em retomar no inicio do ano sempre que o mar o permita ou faça uma feição aceitável em algum spot que seja meu favorito.

Assim sendo comecei a seguir umas previsões que apesar de um pouco fortes poderiam deixar pescar numa zona onde tenho safado uns pexecos esta temporada, com tudo afinado rumei ao local escolhido para fazer a 1ª investida do ano.

Ao final do dia andei por lá a espreitar e encontrei umas poças com bastante vida nova e achei que seria interessante se investisse ali, pelo menos ia pescar com entusiasmo, o que para mim é muito importante, o spot ficava pertinho de onde já tinha tirado uns pexecos há umas semanas atrás.

AVvXsEir8 XvLUnZ0rail9S7KQdW02 mgTBsLwH9PZb50L2UQpjkvyvifLJNjUSiy8uJP clOp WAGZjUB2bu0qvHsEJmE0LK6JtcPrcbx8QZBO4lOAkR25Mcv7Wr veN2hnysbz9vXJY5gU3YjKq2sJQck7HAem2CSdd6vyU4g1p rrRBe2wqi1n9DCO3Gj=w400 h289 - O Ano começou e o Lobo Atacou

Voltei à carrinha para comer uma bucha e quando dei por mim a noite já reinava e mal conseguia ver onde tinha o meu ceirão, como se não bastasse a escuridão ainda tinha o nevoeiro serrado, bem mas estava na hora de actuar, porque isto de estar por ali sentado numa pedra só a pensar no que posso fazer não me leva a lado nenhum, até me fez lembrar os gajos da alta sociedade que ficam à espera que alguém lhes façam as coisas… Aqui não há disso e vamos embora que há muita pedra para partir esta noite, só não tinha decidido ainda para que lado dava inicio à jornada, mas ir para a esquerda ou para a direita era o mesmo que trocar seis por meia dúzia.

Então comecei por fazer uns lançamentos pelo lado direito sempre com atenção onde metia os pés porque isto de pescar nestes spots um passo em falso e as coisas podem acabar mal, ou muito mal mesmo se levarmos em consideração que estou sozinho num sítio de difícil acesso que ninguém sabe e sem rede no telemóvel.

 O mar apresentava-se forte, mais forte do que eu esperava, mas não me restava alternativa a não ser arriscar ali mesmo, depois de alguns lançamentos e trocas de amostras, algumas paragens pelo meio também, eis que fui contemplado por um ataque de um Robalo, com a ajuda do mar que naquele momento me ofereceu um valente set e quando dei por mim o peixe estava em seco, guardei-o na saca e satisfeito voltei aos lançamentos palmilhando por ali afora caminhando por cima das pedras, grande parte dos lançamentos saiam gorados pela força do mar que me cuspia a amostra cá para fora sem a conseguir sentir a trabalhar, quando menos esperava tinha outro peixe porreiro a bater e encalhei-o ali numas pedras, foi fazer companhia ao outro para dentro da saca, pelo menos não estavam sozinhos, satisfeito por já ter dois peixes porreiros a salvo continuei para lá e para cá até que ferrei outro que pelo bater lembrei-me logo que fosse uma baila e era mesmo, espécie sempre bastante energética quando é capturada ao spinning. Com três peixes guardados para trazer já estava satisfeito e a pesca para mim estava feita mas como ainda tinha água para pescar mais 1h e não tinha pressa aproveitei, tento rentabilizar as minhas jornadas sempre ao máximo para compensar as centenas de kms que faço e o gasóleo que gasto para ir à pesca, ainda por mais nunca sei quantas semanas vou ficar sem poder pescar por estas bandas porque o mar nesta altura do ano é o que todos nós sabemos.

 Levei outra mocada e tinha mais um peixe energético a debater-se na outra ponta da linha mas foi sol de pouca dura e soltou-se, penso que fosse outra baila, fiquei com pena mas isto da pesca é mesmo assim, perder peixe faz parte e por isso “vamos em frente porque atrás vem gente” mais uns lançamentos e a amostra começou a bater demasiadas vezes nas pedras até que decidi dar por encerrada esta jornada. 

AVvXsEjehXB5513DHkVfduo7CfYZF1rR5qzs4VMO9fXzQTRgUwT3c 94GH0ozAJ49YHkpcB5zM1a3GQYDuOSakuffIjzP2 sp8egYjIVyCuEPPMA287gCLyoFsu84jNUbE4JnJ1J AnMCWUvaEa6CmsvNVS1eZ4vKIe SrmD8bjUMeesICR9LM05sI7yQXZz=w400 h295 - O Ano começou e o Lobo Atacou

Depois do peixe lavado e arrumado na geleira era tempo de picar qualquer coisa antes de me amalhar um bocado para descansar um par de horas, um gajo para além de apanhar pexe também tem de comer alguma coisa atão!!!

AVvXsEgi8v9sb6fkFANjK5S1a ayQF l o4ZJSrqUYDWyyDz2FOexQxQ7CEBt1PEAlTHhAITjdhtM271jSkOl5WIOs8pOS1i0cBnMO0oTg 8xSSJKxpyFpkOkvyHJTVQwnwwdBUqgOaWks7Mnp0N3ZMmOFTehqpD37Pv8R8yR7XuQy 3bD KzwH5DZUjmnG4=w400 h266 - O Ano começou e o Lobo Atacou

Eu saio do Mar, mas o Mar nunca sai de mim

AVvXsEjgNHon0MpeIh640tjgE79h8LDdJCH9j5xq2VIK63hvXrXls4o6Pct8OUHllAdsJ7 LfaL 7dyQG48wZO ege5sS8QDyVUiTbt342kF1LBQ9QaTu33EkVF67r6hkTLsLjoRR du05xt9r4FU50MCnHODMWZ HIk9PCxI zqJsNFAoR00UCzr3XfiX5K=w400 h266 - O Ano começou e o Lobo Atacou

Adoro dias assim

AVvXsEi3UzdVxCaJ2qufxA4ti5aa8nhP3 fDE3SLTUoCQCgbPA6IEYms2wCD  hUs4TeCuEV3jDodV1aqhjqHrWD9I99e KKDSTlS47ptmo14ZIDDWx2n2g8IHpbVZuqfXV7m5ZB WK2rCHu HUNQe0Xvj7hg DhVz6HT2v601ssgVmToh3eVqNvEJW sHJ =w400 h255 - O Ano começou e o Lobo Atacou

Em certas zonas a pesca para mim é sempre em modo de passeio

AVvXsEg99MAgjXi iO2QbK1gEO7TC SLH 4ICI04TX1KBHxyRAHF257JH0xtPlMDdtkcL17SV0Jw7cYBL 0Xj tfq2qIrc Vtj3vLPYxHa0bD38UNZB3yt1nMTvcP14ooSRB3n83RwA Nk2TCGEOQMe0onLQW0JLMcu kLgMIzOSgKwt6Wuq aiOm99fEAsJ=w400 h266 - O Ano começou e o Lobo Atacou

Ainda houve tempo para deixar o spot um pouco mais limpo antes de vir embora

AVvXsEiYvMkwLeG5SEyyOMiSo1lcp0rjCkW4MaXT1cRM6pk6lnIdmMpgRnkzIzidpxjuxr 2AjNQxNYPmzTo0c BEvklCD3NxMvA6kGuTLtf4lUUAXKQfNNQ6hty3SMGgAfdl71YJl0GRyx8lYZ0w8bnM3WON8aCaKbzOMp5A6eqrL3pRpbG7MC94lqaCh f=w400 h266 - O Ano começou e o Lobo Atacou

Uma ida à maré para fazer o Xarém 

AVvXsEg 7ryVoC PAgsE ymE464Ksi CgLrECWXXCCUZAQv3gZ0q nt1X k2Fcoa2BFw4k5Bc2ExQfOSvkHPR04bjRcDgLTtV23nhwDS5CSp2Uy8 yZ6pHide fIMLyXVn3CCl POzgveCVFmxTppECn2y WiSKPhhUGxGkTxzJ7a45wg9WM1Z8Igyx2XD4o=w400 h266 - O Ano começou e o Lobo Atacou

Uma ida à maré para fazer um arroz

AVvXsEh8Y5WFXgYx3xeoiESYi9cv4AOjSwjNQFh9GiBF JjXugMpKTUMwM2GpPdsai49iKF8IfPqgbz JzNQwS2Un dgfoGzitdDoJsn5nhphQCAe qbB ZUBN nQcfBX4 RDAFXuS4NGlF4uQMlKevi1lkbHBeo4WXB7fvbD74TdWyZ2bAtsDZmrmDxBj46=w400 h365 - O Ano começou e o Lobo Atacou

Só para desenjoar dos berbigões e dos lingueirões

AVvXsEiIhFSGcckB7QSH2 alGmHYIDAQmWiYgRfbJqVkstwZ2TNpwVD71SxuRlnaJCiZrWmZK3io0mIYTsbvjmRuJNrhRFYPgqR1 64vW1iZ WArXEw1l0Hq9 PhLHXJc8VaFCfK15CACk7FyhF7by ko3xAhbgBNdYE4P4OCXNccDx61TAacs4a4b91KYNO=w400 h369 - O Ano começou e o Lobo Atacou

Em vésperas de Natal juntei-me com o João Santana para o jantar da malta rija (na rua) ainda apanhamos ali uma caixa de sargos e só não veio um robalo também porque o bandido fugiu hahahaha…

Pessoal por hoje é tudo, muita saúde força aí…

 

— ATENCIÓN: El artículo pertenece al BLOG de «Lobo do Mar» —


Deja una respuesta

Su dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados *

Puedes usar estos HTML etiquetas y atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

info@donpesca.com