Mais 2 saídas

Viva,

As últimas 2 saídas serviram de estreia ao novo carreto para pescas mais «agrestes». Após análise de prós/contras a escolha recaiu sobre o Penn Slammer III 3500.

O Slammer será para fazer conjunto com a Dialuna 2,90m em mares que solicitem mais do equipamento. O multi é o que uso por norma, SpiderWire Smooth 8 em 0,14mm.

Em termos de tamanho é basicamente o mesmo que o Daiwa Ballistic EX3000h que uso há 3 anos.

Excepção feita apenas na pega, que é bastante maior sendo muito confortavel em uso.

Na primeira saída notei que se esforçava um pouco quando trazia peso. Algum lixo que andava na água e se agarrava na linha, sentia o carreto em esforço. Mas acabou por passar rápido e começou a trabalhar a 100%.

Logo na estreia ( e felizmente tem sido raro gradar na estreia de material) colocou em seco 3 peixes ( 2 robalos e 1 baila)

Um dos robalos tinha 45cm mas foi devolvido assim como o segundo que era bem mais pequeno.

Acabei por reter a baila e oferece-la ao companheiro que foi comigo. Teve um peixe cravado que perdeu na escoa, e que ainda chamou por mim mas nem o ouvi.

A foto acima foi tirada no final da estreia e o enrolamento está perfeito. Sem necessidade de colocar/retirar as anilhas de origem.

Material:

Cana: Shimano Dialuna
Carreto: Penn Slammer III 3500
Multi: Spiderwire Smooth 8 0,14mm
Leader: Berkley Trilene 100% Fluorcarbon 0,43mm

Como fiquei desconfiado do comportamento inicial, abri o carreto para validar a lubrificação.

Acabei por colocar mais massa (uso a da Penn), colocar o vedante no sitio e está pronto para outra.

Na segunda saída acabou por fazer mais 4 peixes (apenas tenho fotos de 3 robalos já que a baila desferrou em sitio que foi só ajeitar com o pé e seguiu caminho) e perdi o que seria o quinto que resolveu armar-se em teimoso e ficar todo molhado no mar.

Nesta segunda saída todos os exemplares foram devolvidos. Um robalo de 46.6cm (primeiro), outro de 48cm (segundo) e um minorca que nem medi (última foto).

A minha medida minima continua nos 50cm, não são 49 nem 49,5cm. Ou está nos, ou maior que, 50cm certos ou volta para o charco. Para mim é uma questão de sustentabilidade e de fazer a minha parte. Da mesma forma que não vão ver fotos de grandes pescarias com muitos exemplares. Faz parte da minha forma de pescar e de ver a pesca. Não é quantidade, é qualidade. E a qualidade nem sempre é um exemplar enorme. Por vezes um pequeno exemplar para devolver, apanhado com o equipamento certo faz toda a diferenca e permite-me desfrutar daquilo que considero ser a minha essência enquanto pescador.

Tudo o resto, cada um sabe de si. Eu vivo bem com a minha consciência assim!

Material:

Cana: Shimano Dialuna
Carreto: Penn Slammer III 3500
Multi: Spiderwire Smooth 8 0,14mm
Leader: Berkley Trilene 100% Fluorcarbon 0,43mm
Agora sim para terminar, carreto a funcionar a 100% e sem soluços.

Dois dias de pesca, 7 peixes apanhados ( 1 retido para oferecer e 6 devolvidos) e 1 perdido.

— ATENCIÓN: El artículo pertenece al BLOG de «Dionisio Pesca» —


Deja una respuesta

Su dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados *

Puedes usar estos HTML etiquetas y atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

info@donpesca.com